O Processo Penal contra Tomás Antônio Gonzaga: Inconfidência Mineira final do Século XVIII - 1ª Edição 2012
Autores: Elias, Renatta Christina de Oliveira
Editora: Kelps
Sinopse:

A presente pesquisa foi elaborada com base nos documentos processuais e extraprocessuais publicados dos Autos de Devassa da Inconfidência Mineira. Utilizando, igualmente, como fonte de pesquisa os textos legais das Ordenações Filipinas, no que se referida ao "Crime de Lesa Majestade". Tenho como fonte auxiliar os escritos de Tomás Antônio Gonzaga: "Cartas Chilenas", com o propósito de traçar um panorama das relações de poder na Capitania de Minas de fins do Século XVIII.

Tomás Antônio Gonzaga era, aos olhos dos juízes que presidiam ao Processo de "Devassa da Inconfidência Mineira", um homem politicamente perigoso no cenário colonial da Capitania de Minas. Um intelectual que, além de magistrado e conhecer das leis do Reino, era capaz de pensar de forma autônoma e contestar os abusos de poder daquele período. E Gonzaga o fez aos escrever suas Cartas Chilenas. Não importava se não foram encontradas provas concretas e materiais de sua participação na Conjuração Mineira, durante todo o Processo Penal. O desembargador Gonzaga foi condenado ao degredo porque um homem de sua estatura intelectual devia ser afastado do Brasil Colonial.

(A autora).

ISBN: 9788540004412

Número de Páginas: 360

Número Edição: 1ª

Ano Edição: 2012

I.S.B.N.: 9788540004412

Veja outros livros

Sinopses Para Concursos - Processo Penal: Parte Especial Vol. 8 - 10ªEd. 2020

Autores: Leonardo Barreto Moreira Alves (Autor), Leonardo Garcia (Coeditor)
Editora: Juspodivm

As Misérias do Processo Penal - 1ªEd. 2006

Autores: Francesco Carnelutti
Editora: Pillares

Direito Processual Penal - 15ª Edição 2018

Autores: Jr., Aury Lopes
Editora: Saraiva

Diálogos Sobre o Processo Penal - 1ªEd. 2020

Autores: Pedro Coelho
Editora: Juspodivm